Fundação

Fundação: Lordes da Marcha
stormlands.jpg

Nos antigos tempos depois da Invasão dos Ândalos e antes da chegada dos Targaryen, o Reino da Tempestade se estendia do Mar de Dorne, ao sul, até a Baía dos Caranguejos, ao norte. No Oeste, as Terras da Tempestade faziam fronteira com o Reino das Terras Fluviais, com o Reino da Campina e com vários pequenos reinos que existiam em Dorne.

A história que nos é contada diz que os Reis da Tempestade perceberam a ameaça as suas fronteiras causada pela chegada dos Rhoynar e pelo casamento da Rainha Guerreira Nymeria com Mors Martell que permitiu a unificação dos reinos de Dorne.

Assim, quando Arrec III, um dos Reis da Tempestade conquistou a região montanhosa na fronteira com Dorne, conhecida como Montanhas Vermelhas, que era disputada pelos stormlords, pelos dorneses e pela Campina, ele nomeou seus principais vassalos como Lordes da Fronteira (Lords of the Marches) e criou a Marcha de Dorne.

game-of-thrones-world-map-1-Marcha_de_Dorne.jpg

Entre esses vassalos estava um de seus cavaleiros, Cedric Wayne. Cedric se destacou em uma batalha contra os Ironwood, salvando a vida do filho do Rei Durran, O Impiedoso. Este, por seu feito, lhe presenteou com terras e com uma espada longa de aço valiriano.

Arrec III concedeu a este um domínio na região montanhosa que incluía a Montanha do Morcego e o Vale do Corvo, próximas a fronteira com Dorne. Um rio tributário do Rio Wyl, chamado de Rio Gelado (Cold River), cortava o vale, permitindo uma boa terra para agricultura e criação de carneiros. O rio podia ser navegado a partir do vale, em pequenos barcos e balsas, até o Rio Wyl e de lá para o Mar de Dorne.

Vendo os morcegos que saíam ao anoitecer de uma caverna na montanha, Cedric resolveu adotar um morcego como símbolo de sua família, e deu a sua espada valiriana o nome de Bloodsucker.

Cedric Wayne se tornou um dos Lordes da Marcha de Dorne (Marcher Lords), assim como as Casas Caron de Nightsong, Dondarrion de Blackhaven, Selmy de Harvest Hall, Dulver de Deepen Hall e Swann of Stonehelm. Essa era uma posição importante nos tempos em que a fronteira com Dorne era sempre ameaçada pelos ataques dos saqueadores dorneses e pela ambição dos nobres da Campina.

Cedric, o primeiro Lorde Wayne era um bom administrador e construiu uma torre no alto da Montanha do Morcego que permitia controlar o vale do Corvo. A torre foi chamada de Keep of Highview (Torre de Altavista), pois de suas muralhas via-se todo o caminho pelo vale até a fronteira com Dorne.

As terras dadas a Cedric incluiam também antigas minas de ferro, chamadas de Minas da Cova do Morcego, que trouxeram riqueza ao domínio.

O filho de Cedric, Richard Wayne, expandiu as terras dos Wayne para o sul, tomando mais terras dos Dorneses. Além disso, terminou de construir o castelo, acrescentando uma muralha circundando o topo da montanha.

Algumas gerações depois, a construção de uma segunda linha de muralhas no lado mais vulnerável de aproximação expandiu Altavista até seu tamanho atual.

Highview.jpg

Naquela época uma estrada de terra ligava os domínios da Casa Wayne com a planície que levava a cidade-mercado de Ashford, permitindo que os Lordes da Montanha do Morcego cobrassem tributos de comerciantes e contrabandistas que navegavam pelo Rio Wyl e, pegando o desvio pelo Rio Gelado, queriam evitar passar pelos passos mais conhecidos e vigiados entre os reinos, o Passo do Príncipe e o Caminho dos Ossos (Boneway).

Foi também a época em que o Reino da Tempestade chegou a sua maior expansão, conquistando as Terras Fluviais.

game-of-thrones-world-map-2-Durrandon_expansion.jpg

Entretanto, maus tempos estavam se aproximando…

PARTE II – Declínio

Fundação

The Black and The Red Dragons HouseWayne HouseWayne